Ano de São José e testemunho de Família



Miriam e Wellington Gessoli

Testemunho de Miriam: Diante de um documento tão riquíssimo do Papa Francisco, "PATRIS CORDE", do Ano dedicado a São José, nós poderíamos escrever ou falar de maneira extensa dos 7 pontos desse documento, que são eles: Pai Amado, Pai de Ternura, Pai na Obediência, Pai no acolhimento, Pai com coragem criativa, Pai Trabalhador, Pai na sombra.

Mas decidimos em família em dar um testemunho, onde se reflete muito em nossas vidas, escrevendo um pouco do Pai de Acolhimento. Minha família hoje é: Wellington ( esposo, pai, chefe da casa), Miriam ( mãe ), Gustavo e Carol (filho e nora), Natani e Leoni (filha e genro), Gabriel (filho), Rafael e Heitor (netos), mas a nossa família não era assim, antes era somente eu e meus filhos, Deus foi generoso comigo me dando um esposo, gentil, companheiro, trabalhador e um ótimo pai, Wellington.

Testemunho de Wellington: Fui criado pela minha avó, meus pais se separaram quando eu tinha oito anos, e decidiram entre eles, que cada um ficaria com um filho. Eu fui com meu pai, que decidiu me deixar com minha avó Elza, que me criou, me ensinou tudo o que sei, a ser um ser humano responsável na vida, a ir na igreja, me ensinou a ter fé em Deus e a conhecer a nossa igreja. Minha avó sempre foi mãe e pai para mim, mas sempre senti muita falta de um amor de pai, aquele amor de pai que ensina, que pega pela mão, que zanga, que acalenta nas horas difíceis.

Sempre quis ter uma família, filhos para chamar de "Minha Família", e novamente Deus me deu a graça de conhecer a minha esposa, Miriam. Nos conhecemos na igreja, para se bem exato na Comunidade Santa Ana e São Joaquim, Paróquia São Benedito, nas celebrações. Namoramos, noivamos e casamos e hoje temos o Gabriel.

No início, antes do casamento senti muito medo, de formar a minha família, pois teria uma esposa com dois filhos adolescentes. Mas uma vez entra Deus em nossas vidas e mostra que tudo dará certo. E foi assim assumi a minha esposa com os seus filhos, onde sempre fui respeitado e os respeitei. Hoje sou pai de três, tento ser para os meus filhos exemplos, de fé, de coragem assim como foi São Jose. Passo o amor que nunca tive do meu pai, para eles, aprendi a amar.

Testemunho de Miriam: Ele foi para mim e meus filhos, um pai acolhedor com amor, coragem, nunca deixou faltar nada. Hoje, temos a nossa família, que não é perfeita, mas estamos sempre em busca de melhorar, onde passamos os verdadeiros valores para cada um deles. Meu esposo aprendeu a ser pai e dar testemunho de vida. Tudo que não teve na infância, a presença de um pai, para ele hoje é muito importante estar junto com eles.

Refletindo sobre o documento, todos nós pais, mães, avós, temos um pouco de São Jose em nossas vidas. Neste breve testemunho de vida, procuramos mostrar isso. Onde todos nós podemos pôr em pratica as ações vividas por São José.