Editorial do Evangelizador de maio de 2021

Estamos no mês de maio. Aqui chegamos, vivendo um tempo de provação, tempo de incertezas sobre o que fazer, como fazer, por que fazer? Está sendo um tempo em que a individualidade, o egoísmo, a irresponsabilidade, a indiferença, necessitam ser deixadas de lado. A humanidade, de repente se observa cercada de incertezas, indagações, que por vezes ficam sem respostas para poder combater algo que não se vê e, que, no entanto, está ali presente dizimando as famílias.

Está sendo uma incógnita a maneira ideal, os mecanismos corretos para se lidar com tudo isso. E é apenas um vírus. E o poeta pergunta: “E a vida o que é diga lá meu irmão?...é o sopro do criador numa atitude repleta de amor...” E é nesse sopro do criador, que todo cristão deve se apegar, deve voltar seu olhar, não perder a fé. O criador nos ama, até a morte. Porém, uma morte que nos ressuscita, nos recria, nos edifica em toda e qualquer situação.

Enquanto alguns insistem em promover a morte em suas mais diversificadas formas (negligência, omissão, inoperância, desamor, desprezo), praticando a exclusão, em especial por aqueles que se encontram vulneráveis, o cristão é sal, é luz, é fermento. É aquele que, onde exista ódio, leva o amor, leva a paz, leva a caridade, inclui, acolhe, promovendo toda forma de amor. Aquele amor pleno que o Cristo nos trouxe.

Nossas celebrações, pelo segundo ano consecutivo tiveram que ser por meio das redes sociais. Algumas pessoas se disponibilizaram para que tudo isso pudesse chegar a toda comunidade e, assim fosse reavivada em cada alma, em cada coração a chama da fé. O cristão deve trazer sempre em seu coração a fé em dias melhores, levando em todo e qualquer lugar a Boa Nova, protagonizando os ensinamentos do mestre Jesus. Ainda que em tempos de provação, o cristão planta o amor, a fé, a compaixão, a inclusão, “vamos seguir com fé, tudo que ensinou o homem de Nazaré...”.

Mãe do Monte Serrat, abençoai-nos. São Benedito, intercedei por nós!

Aparecida Dalla Vecchia – PasCom São Benedito